Caracterização e influência dos fatores ambientais nas assembléias de peixes de riachos em duas microbacias urbanas, Alto Rio Paraná

FELIPE, T.R.A. & SÚAREZ, Y.R. Characterization and influence of environmental factors on stream fish assemblages in two small urban sub-basins, Upper Paraná River. Biota Neotrop. 10(2): http://www.biotaneotropica.org.br/v10n2/en/abstract?article+bn03810022010. Abstract: To quantify the influence of environmental descriptors on fish diversity and abundance in two small urban sub-basins in the Upper Paraná basin, we carried out two sampling series in the dry season (June and July) and two in the wet season (November and December), by means of a sieve (80 × 120 cm) and a standardized effort (20 throws) per site. We collected 1,667 fish belonging to 20 species. Serrapinnus notomelas was the most abundant species, followed by Oligosarcus pintoi. The variations in species richness and evenness were explained by water electrical conductivity, stream depth, and stream width. The Cluster Analysis results showed a clear differentiation among the sites, with significant spatial differences and no seasonal variation in species composition. The first two axes of the Canonical Correspondence Analysis (CCA) explained 55% of the variation in species abundance, and the main determinants of species distribution were stream width and water conductivity and turbidity. Keywords: water quality, freshwater fish, urban streams, water contamination. FELIPE, T.R.A. & SÚAREZ, Y.R. Influência dos fatores ambientais nas comunidades de peixes de riachos em duas microbacias urbanas, Alto Rio Paraná. Biota Neotrop. 10(2): http://www.biotaneotropica.org.br/ v10n2/pt/abstract?article+bn03810022010. Resumo: Com o objetivo de quantificar a influência das características ambientais sobre a diversidade e abundância de peixes em duas microbacias urbanas na bacia do Alto Rio Paraná, foram realizadas duas amostragens no período de seca (junho e julho) e duas no período de chuva (novembro e dezembro) utilizando uma peneira (80 × 120 cm), com esforço padronizado em 20 lances por local. Foram coletados 1.667 indivíduos, distribuídos em 20 espécies. A espécie mais abundante foi Serrapinus notomelas, seguida de Oligosarcus pintoi. A variação na riqueza de espécies e na equitabilidade foram explicadas pela condutividade, profundidade e largura dos riachos. Os resultados da análise de agrupamento e da ANOSIM mostraram diferença espacial significativa e ausência de variação temporal na composição de espécies. Os dois primeiros eixos da Análise de Correspondência Canônica (ACC) explicaram 55% da variação na abundância das espécies e os principais determinantes na distribuição das espécies foram a largura dos riachos, condutividade elétrica e turbidez da água. Palavras-chave: qualidade da água, peixes de água doce, riachos urbanos, contaminação da água.

© Instituto Virtual da Biodiversidade 2010. Provided by ProQuest LLC. All Rights Reserved.

The use of this website is subject to the following Terms of Use